O novo sistema de módulos

Desde 1999 existe na FASK uma nova organização dos planos de estudo.

A novidade dos planos reside no sistema modular dos mesmos. Assim, um módulo é uma unidade de estudos que integra diferentes conteúdos de aprendizagem de diversas temáticas. Por norma, um módulo prolonga-se durante mais de um semestre.
Através da modularização, os diferentes conteúdos disciplinares são transformados em módulos multi-combináveis. Deste modo, cada estudante pode criar o seu plano de estudos de acordo com os módulos oferecidos.
O Plano de Estudos de Tradução e Interpretação é composto por 160 horas semestrais. Por sua vez estas são divididas em 22 módulos. Dessas, 82 horas são para a língua B, 43 para a língua C, sendo as horas restantes divididas por dois módulos obrigatórios e um opcional. Os módulos opcionais 1 e 2 são obrigatórios.
O módulo opcional é uma escolha livre que deve servir para desenvolver qualificações científicas ou profissionais.
O módulo obrigatório 1 é igual à disciplina tipo E, o módulo obrigatório 2 e o opcional podem fazer parte de outras disciplinas tipo E ou estar ligadas à língua B ou até a uma segunda língua B. Para além disso, o módulo opcional pode ser constituído por uma língua D, interpretação, tradução literária ou técnica, aperfeiçoamento da competência no âmbito da língua A, ou até no módulo obrigatório e no opcional.

Para mais informações sobre o novo sistema modular ver "Neue Studienordnung" e "Die Neuen Modularisierten Studiengänge" na página da FASK.