Resultados

Com a ajuda e o apoio dos falantes nativos, os alunos alemães conseguiram traduzir sozinhos a maior parte do texto. Utilizando princípios construtivistas como, por exemplo, a troca de ideias, a revisão e o trabalho interactivo, realizámos uma boa tradução e o cliente ficou extremamente satisfeito. Pôde-se constatar que os alunos mostraram uma atitude de trabalho muito mais positiva durante este projecto que noutras aulas normais. A razão para tal foi o facto de se tratar de um projecto de tradução real que consistiu numa experiência prática para os alunos. Eles tinham a responsabilidade de entregar uma tradução extremamente científica com qualidade profissional. A atitude positiva de trabalho deveu-se, por outro lado, ao trabalho de equipa em detrimento do método "giz e quadro". Cada membro da equipa era independente e responsável, o que teve um efeito positivo na sua motivação e trabalho. O processo de aprendizagem construtivista pode ser observado nos diferentes rascunhos revistos da tradução. De rascunho em rascunho, o texto foi melhorando a nível idiomático e estilístico.

É de salientar que também houve uma mudança na atitude crítica do cliente. Numa primeira parte este deu-nos sugestões relativas à tradução em si, mas posteriormente os seus conselhos e críticas tornaram-se mais formais e especializados, o que melhorou a compreensão do texto por parte dos alunos.


Retroceder


Página Inicial


Seguinte