Uma turma por conta própria

No semestre de Verão de 2002, cerca de 20 alunos participaram numa aula prática de tradução de alemão para inglês pertencentes ao quinto e sexto semestres, tendo Laura Russel como facilitadora. Contudo, este curso não decorreu de uma forma normal. Não debatemos nem traduzimos apenas textos; lidámos também com situações que nos esperam depois de terminarmos o curso.

Nas primeiras quatro semanas escrevemos e discutímos currículos e cartas de recomendação, ponderando os prós e os contras de diferentes estilos.

Nas cinco semanas que se seguiram, a nossa turma trabalhou em três projectos de tradução. Os alunos formaram entre si vários grupos e planearam as suas próprias horas de trabalho. Eles não trabalharam apenas nas suas horas de aulas normais, pois também o fizeram em casa e nas salas de informática da FASK. Um dos projectos era um panfleto para o Badisches Landesmuseum (Museu de Baden) em Karlsruhe. Os textos forneciam informação acerca do museu e das exposições oferecidas aos visitantes e davam informação útil sobre as pinturas. O principal desafio dos estudantes era conseguir uma tradução fiel mantendo ao mesmo tempo um estilo adequado, o que foi muito bem conseguido pelos grupos. Laura Russel assumiu a responsabilidade do projecto de tradução e fez a revisão final. Isto garantiu a boa qualidade do produto final.

Durante as últimas quatro semanas do semestre, falámos sobre o trabalho de um tradutor independente. Houve discussões activas relacionadas com tópicos dos quais muitos dos estudantes não tinham conhecimento. Estes incluiam: Como devo passar uma factura? Quanto posso cobrar e o que é dedutível nos impostos? Qual a rapidez com que devo trabalhar e que influência terá isso nos meus projectos de tradução? Onde posso encontrar revisores para os meus textos? É mais vantajoso trabalhar em equipa ou individualmente? Onde posso conseguir ajuda sempre que tiver dúvidas? Como realizar uma boa apresentação do meu trabalho? Tenho conhecimento da ética profissional dos meus colegas?

Um dos pontos mais altos desta aula foi um período adicional de esclarecimento de dúvidas. Laura convidou três tradutores independentes para responderem às perguntas dos alunos. Um dos tradutores tinha acabado a licenciatura no semestre anterior e descreveu vivamente os seus primeiros passos no mundo do trabalho. Os outros dois convidados já trabalhavam há vários anos como tradutores independentes. Além de darem conselhos úteis, também partilharam com os alunos as suas boas e más experiências.

Nesta aula não traduzimos um texto novo todas as semanas. Contudo, os alunos ganharam uma perspectiva da vida que os espera quando acabarem os estudos. Este curso foi um grande sucesso porque os alunos tinham interesse nas questões que estavam a ser discutidas, e tanto o orador como os alunos estavam entusiasmados.

Exemplo de uma factura

Curriculum vitae (exemplo)

Perguntas feitas na aula

Fotografias