Iniciação no Mundo Profissional da Tradução

Com que finalidade pode usar eficazmente os computadores para o seu trabalho na FASK? Acima de tudo para praticar técnicas de tradução e aprender línguas, assim como para adquirir conhecimento cultural e linguístico.
Mas qual é a primeira coisa que os estudantes fazem após terem concluído os seus estudos? Não será provavelmente traduzir, já que, primeiro, terão que encontrar o seu espaço no campo da tradução profissional. Para tal, precisam de se dar a conhecer convenientemente, por exemplo em sítios Web ou em listas de correio na Internet. Devido à ausência de contacto com o mundo profissional, muitos estudantes não sabem como tirar partido dessas ferramentas para se apresentarem aos seus clientes, integrando, por exemplo, uma lista de correio. Saber até que ponto esses tópicos deviam ser parte dos estudos de tradução é um tema controverso: mas se os estudantes puderem dispor de cursos sobre essa matéria, isso será seguramente uma mais-valia.


Adquirir noções de HTML é apenas o início. O Tradutor não trabalha somente com programas de processamento de texto ou com editores de html. Tem antes de mais de se familiarizar frequentemente com programas de paginação, mesmo sob a pressão do tempo. Nem todo esse conhecimento pode ser ensinado na universidade se não existir uma troca de ideias activa e projectos em cooperação com tradutores profissionais. Os requisitos existentes podem ser estimados e o uso desses programas será muito mais fácil para os alunos. Os discentes que tenham medo de trabalhar com computadores terão problemas com programas multimédia e de edição gráfica na sua vida profissional.

Aprender a trabalhar com computadores é o mesmo que aprender uma nova língua, onde todos os tradutores deviam estar à vontade.


anterior seguinte